Início

Boas Festas

Webmail Área Reservada

Sócios "à prova de fogo"

24.º Portugal de Lés a Lés Dia 2Moto Clube do Porto em grande no mais exigente Lés-a-Lés de sempre

O Moto Clube do Porto voltou a ser o mais representado coletivamente no Portugal de Lés-a-Lés que, na 24.ª edição reuniu mais de 2400 participantes em 2200 motos. Várias dezenas de motociclistas ‘defenderam’ as cores do MCP, divertindo-se de Faro a Bragança, ao longo de 1256 quilómetros com passagem por Castelo de Vide e Covilhã.

Numa das mais bonitas e exigentes edições dos últimos anos, com temperaturas muito elevadas ao longo dos quatro dias, foram dezenas de sócios a passear através da zona raiana, fazendo diversas incursões a território espanhol. Ainda assim, foram apenas 10 os inscritos para pontuar naquela que foi a 3.ª prova do FIM Touring World Challenge, ‘competição’ que o MCP lidera de forma bem destacada, rumo ao terceiro título mundial consecutivo.

Mas a presença do MCP no evento da Federação de Motociclismo de Portugal foi bem visível noutros capítulos, com muitos sócios integrados na grande equipa organizativa. Desde as verificações técnicas à gestão e apoio aos participantes, dos vários guias à equipa das ‘motos-vassoura’, da fotografia à logística das partidas e chegadas, do gabinete de Imprensa ao speaker, muitas foram as t-shirts do MCP em ação. Presença visível também em vários controlos de passagem, desde as algarvias ruínas romanas em Milreu até Castelo Mendo, logo no arranque da 3.ª etapa. Isto depois de, na véspera, terem protagonizado D. Dinis e a Rainha D.ª Isabel, no castelo do Sabugal, local onde a lenda diz poder ter acontecido o famoso milagre das rosas.

Numa caravana que contou com motociclistas de mais de uma dezena de nacionalidades, destaque ainda para o sócio Paulo Mendes que é um dos quatro participantes totalista de presenças no Lés-a-Lés. E que, juntamente com Luís Silva, Ângelo Moura e Luís Simão, vai cumprir as bodas de prata no evento de 2023.

24.º Portugal de Lés a Lés Dia 1