Se o destino for alcançável de moto
nós iremos lá!

Webmail Área Reservada

Tasco repleto de sorrisos

Cozinha da Lena palco de espetáculo stand-up

Tripas ou arroz de pato? Rissóis ou bolinhos de bacalhau? Rojões à minhota ou bacalhau espiritual? Vinho ou cerveja? Uma boa jantarada com amigos ou um espetáculo de ‘stand-up comedy’? Hummm… E porque não tudo junto? A resposta é fácil e remete de imediato para um evento que vem cimentando, por mérito próprio, o seu lugar no calendário do Moto Clube do Porto. O Tasco com Sorriso voltou e encheu de animação e gargalhadas a Cozinha da Lena, em Rio Tinto, com as anedotas do ‘artista residente’ Leonel, desta feita acompanhado pelos convidados ‘à última da hora e por força do público’ Nuno Feliz e Mário Paulo. Momentos ímpares de galhofa, para maiores de 18, com anedotas para todos os gostos, das mais inocentes às super picantes, do Joãozinho ao Senhor Padre Cura.

Espetáculo de rir até às lágrimas depois do show de cozinha caseira com ementa que contemplou as tripas à moda do Porto, arroz de pato, rojões e bacalhau espiritual depois das mais variadas entradas e antes das rabanadas que, à sobremesa, encheram as medidas dos gulosos. E foram mais de 8 dezenas os que responderam ao desafio dos “3 Zé’s”, o Seca, o Pintainho e o Fial para a divertida comezaina que assinalou o último tasco do ano.

Ler mais...

Inovação na Noite da Rabanada

A métrica pode não ser perfeita, mas a verdade é que, independentemente da quantidade e localização de sílabas acentuadas e átonas, quadra natalícia e as rabanadas da Ni continuam a rimar de forma perfeita para os sócios do Moto Clube do Porto. Tal como o Natal há mais de 2000 anos, esta é uma tradição que também vai ganhando raízes pelas bandas da Rua Aurélia de Sousa, com muitos comensais que já não dispensam a doçaria da mestre pasteleira. Este ano, a Noite da Rabanada acontece na sexta-feira, dia 15 de dezembro, encaixando perfeitamente na tradição milenar de comemorar o Natal durante 12 dias que só desapareceu no século IV quando a igreja ocidental decidiu determinar o dia 25 de dezembro para as comemorações de Natal. E assim foi criada a data do nascimento de Cristo que ninguém sabe muito bem quando realmente nasceu…

Por isso, e fazendo jus à reconhecida solidariedade do Moto Clube do Porto, ‘Natal é quando um Homem (ou uma Mulher…) quiser’ e assim será já nesta sexta-feira. Mas há mais: num clube que está sempre a inovar, mas sem nunca perder o reconhecimento e respeito pelos valores da História, este ano serão três as oferendas, tal como o ouro, incenso e mirra com que os reis magos honraram o Menino Jesus. Assim, e além das tradicionais rabanadas, a Ni decidiu presentear o palato dos sócios e amigos com aletria, outra especialidade gastronómica incontornável nesta quadra, que será acompanhada pelo doce néctar com o nome da nossa cidade: o Vinho do Porto.

Reunidas as condições para mais uma Noite da Rabanada, aqui fica o convite a todos os sócios do Moto Clube do Porto, extensível aos participantes no Passeio de Natal MCP/MotoTrofa que poderão apreciar as fotografias do evento passadas na tela gigante da polivalente sede multiusos.

Gastronomia de eleição

em aventureiro Passeio de Natal Moto Clube do Porto/MotoTrofa

Pouco passava das 7 horas, naquele momento mágico que o breu da noite dá lugar à revitalizante luz matinal, e já havia uma moto parada diante da MotoTrofa. Normal, pensarão! Afinal, que surpresa pode existir em ver uma moto diante de um stand… de motos? Bom, visto por esse prisma, nenhuma. Mas a verdade é que nem o organizador do Passeio de Natal MCP/MotoTrofa tinha chegado nem o conhecido espaço comercial trofense tinha aberto as portas e já havia participantes – por acaso UMA valente motociclista, a Maria José Ribeiro – ‘em pulgas’ com o mais gastronómico evento do preenchido calendário anual do clube.

Cativados pelas doces promessas ao longo de um dia de sabores intensos, uma centena de sócios e amigos do MCP e clientes da MotoTrofa trataram de marcar lugar na já tradicional rota Em Busca dos Sabores, esgotando lista que limitações de espaço do restaurante restringiu exatamente a 100 pessoas. E que obrigou a deixar de fora alguns candidatos, mesmo se no dia, por contratempos diversos ou simplesmente acovardados perante ameaças de uns pingos de chuva, alguns decidiram trocar um dia de puro prazer turístico pela comodidade do sofá. Os que ousaram desafiar as titubeantes previsões meteorológicas foram brindados, desde logo, com os primeiros paladares de um dia que prometia ser exigente… para o estomago.

A começar pelo já famoso Bolo da Trofa com receita original da Confeitaria Miranda e que, desde 2014, é denominador comum deste passeio. Com receita de grande simplicidade, juntando farinha, alguns ovos e frutas cristalizadas é criado uma espécie de bolo-rei, de grande leveza, frescura e inconfundível paladar. E que foi acompanhado pelo tradicional Bolo-Rei e por inovador Bolo-Rei de chocolate, acompanhados por sumos, águas e bem quente café, aconchegando a barriga e a alma antes do arranque para os mais de 200 quilómetros de variadas paisagens.

Ler mais...

Moto Clube do Porto distinguido na Gala da FIM

MC Porto recebe Prémio Fair Play FIMPrémio Fair Play pelo apoio a motociclistas canadianos acidentadas em Portugal

Presença notada na Gala de Entrega de Prémios da Federação Internacional de Motociclismo, lado a lado com todos os campeões do Mundo das diversas modalidades, o Moto Clube do Porto esteve em Andorra para receber o FIM Fair Play Award. Distinção entregue pela primeira vez a um clube de vocação mototurística, na sequência do apoio dado a um casal canadiano que sofreu um acidente em Portugal, já depois do FIM Mototour of Nations, em setembro de 2016.

John e Beth Pineo sofreram grave acidente de viação dias depois do evento organizado pelo MCP, ficando internados no Hospital de Viana do Castelo e, mal tomaram conhecimento do sucedido, os sócios do clube portuense tudo fizeram para que nada faltasse aos canadianos, Reflexo inequívoco de bem conhecida forma de estar no motociclismo que, no passado, valeu o resgate de um camarada acidentado na Mauritânia, Ilídio Neto, em risco de ver uma perna amputada.

Agora, durante mais de cinco semanas e de forma diária, os sócios do MCP não deixaram que nada faltasse ao casal Pineo, ajudando a minorar situação tão gravosa com apoio e amizade. Mas também com frutas, pastéis e outros alimentos, mantendo estreito contato com a equipa clínica, tratando das necessidades de lavandaria e comunicação, acompanhando-os até ao aeroporto no momento da partida, garantindo que, no regresso a casa, tudo corria na perfeição.

Distinção pelo ‘fair play’ recebida no Andorra Park Hotel pelo vice-presidente do Moto Clube do Porto e membro da Comissão de Turismo e Lazer da FIM, Nuno Trêpa Leite, que reforça o reconhecimento do ato altruísta que valeu também o prémio Fulvio Callimaci Suporters Award. Condecoração atribuída pela Canadian Motorcycle Association (CMA) e entregue pela presidente da federação canadiana durante a Conferência de Comissões da FIM, em fevereiro deste ano.

Ler mais...

Moto da noite em noite de clássico na invicta

Bifanas e Caldo verde também presentes

Aproveitando a vinda para ver o clássico do futebol decorrido na invicta, dois sócios residentes a umas dezenas de quilometros do Porto, foram os únicos concorrentes ao concurso da moto da noite de dezembro de 2017.

Já para as bifanas e caldo verde, a clientela era em maior número.

Assim, o vencedor escolhido pelo júri composto pelo André Nunes, José "Pintainho" Silva e Rui Castro foi o Carmindo Leal e a sua BMW R 1200 GS.

Ler mais...

Passeio TT MCP 2017 – Serras do Porto

Todo-o-Terreno e Natureza de mãos dadas

Foi junto ao rio Ferreira, mais propriamente em Beloi, São Pedro da Cova, que demos inicio a mais um passeio TT. A seca que tem assolado o nosso país, manteve este temperamental rio dentro do seu leito e permitiu-nos usufruir das suas margens que habitualmente estão a transbordar nesta altura do ano.

Desta vez, o nosso passeio TT teve como tema, as Serras do Porto, mais propriamente o Parque recentemente lá criado. Foram muitas as serras visitadas, Santa justa, Pias, Castiçal, Flores, Santa Iria, Banjas e Boneca. No topo de algumas delas disfrutamos de paisagens arrebatadoras como por exemplo a vista da lomba com aquela curva muito apertada do rio Douro.

A escolha de passear dentro Parque das Serras do Porto não foi inocente.

Ler mais...

Natal é todos os dias…

… e começa a 9 de dezembro com o Passeio Moto Clube do Porto/MotoTrofa

Abertura oficial da quadra natalícia no seio do Moto Clube do Porto, o Passeio de Natal MCP/MotoTrofa volta a reunir, no sábado, dia 9 de dezembro, uma grande família motociclística em almoço recheado de amizade e boa disposição, companheirismo e anedotas, e, claro está, gastronomia de eleição. Limitado a 100 participantes, as inscrições já estão abertas e, não demora muito, estarão a fechar! É que com tão poucos lugares disponíveis – limitação imposta pela lotação do restaurante – e tantas declarações de intenção, é de esperar que as inscrições terminem bem antes do prazo limite, a 6 de dezembro.

Passeata marcada para sábado para oferecer a mais mototuristas a possibilidade de participar neste evento que, como habitualmente, partirá do bonito stand do nosso patrocinador, a MotoTrofa, onde, juntamente com um reforço do pequeno-almoço – com as primeiras iguarias do dia incluindo o já tradicional Bolo da Trofa –, serão dadas algumas dicas sobre o programa e relembradas indicações que quase todos conhecem. Mas por vezes esquecem… A partida atempada e o respeito pelo horário do programa permitirá aproveitar a luz do dia (muito curto nesta altura do ano) para desfrutar ao máximo de todo o trajeto. Que, da Trofa, nos levará até ao Mezio, perto de Castro de Aire, com passagem por Penafiel e travessia do Douro em Entre-os-Rios. Das paisagens minhotas à agreste imponência da serra de Montemuro, oportunidade ímpar para arredondar os pneus em deliciosas curvas.

Que seguem depois do almoço, no Restaurante Típico do Mezio, onde haverá possibilidade de provar entradas bem típicas como a bola caseira ou moira cozida, tendo como prato principal o ‘ex-libris’ arroz de feijão com salpicão e vitela assada, acabando com ‘fritas’ de abóbora e um delicioso pudim caseiro ou fruta de sobremesa, tudo rematado com o café. Que ajudará a despertar para a passagem pela nossa bem conhecida e muito apreciada N2, rumo ao Peso da Régua. Onde nova paragem permitirá ganhar fôlego para mais alguns quilómetros de curvas até à idílica Quinta da Pousadela, bem perto Amarante. Palco fabuloso para o sorteio de práticos brindes oferecidos pela MotoTrofa acompanhando nova prova vitivinícola, em final de jornada turística que vai juntar gastronomia de eleição à descoberta de novos sabores e paisagens arrebatadores.

Tudo num dia de enriquecimento cultural com visitas a interessantes espaços museológicos, como o Museu da Associação Etnográfica do Montemuro onde, de forma simples, são mostradas as tradições e formas de vida dos habitantes locais, apreciando ainda o trabalho de hábeis artesãos. E onde, de acordo com a quadra natalícia que este passeio declara aberta para todos os sócios e amigos do MCP, é possível comprar algumas prendas de Natal criadas pelos associados da Cooperativa de Artesãos do Montemuro, de marcante originalidade que farão as delicias de quem as receber.

PROGRAMA

08.30 h. PARTIDA da caravana da MotoTrofa

12.30 h. Almoço no Restaurante Típico do Mezio, Castro de Aire e visita ao museu da Associação Etnográfica do Montemuro e Cooperativa de Artesãos do Montemuro

15.00 h. Continuação do passeio de Natal, pela N2, em direção à Régua

17.00 h. Chegada à Qiunta da Pousadela,  Amarante. Sorteio de brindes e despedida.

As INSCRIÇÕES podem ser feitas na sede do clube, na MotoTrofa ou através do organizador do Passeio de Natal, Paulo Ribeiro, pelo email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e custam 20 euros para os sócios do MCP e clientes MotoTrofa, 22 € para os sempre bem-vindos ‘amigos estrangeiros’.

Ler mais...

14ª EDP Maratona do Porto

Moto Clube do Porto esteve (como sempre) presente

“O dia amanheceu soalheiro na Cidade Invicta, com temperatura agradável para a corrida, e assim se manteve todo o evento. Apenas de algum vento se queixaram os atletas de alto rendimento, mas esse é um fenómeno inescapável na orla marítima de Portugal, fazendo relembrar que por muito cuidada que seja uma organização, como é o caso paradigmático da EDP Maratona do Porto, há aspetos que esta não pode controlar.

Com algum vento ou sem ele, o sol e o verde envolvente da zona da Rotunda da Anémona, o azul do Atlântico e os tons variados das camisolas dos participantes, proporcionaram uma festa de cor fabulosa, num percurso ímpar, iniciado junto ao SeaLife Porto, subindo até contornar o Parque da Cidade, na ida até Matosinhos, e, no retorno, havendo a tradicional travessia pela ponte D. Luís I até Vila Nova de Gaia, onde na Afurada se fez o retorno à Invicta, para junto ao mar se procurar de novo a meta.”

Em todas as vertentes deste dia de prova, mais de 15.000 atletas se juntaram para disfrutar de uma das melhores organizações de corridas de atletismo, do mundo! E uma das melhores paisagens sem duvida!

33 Motos acompanharam com rigor e atenção, todas as necessidades organizativas, proporcionando aos atletas uma segurança e cuidado, bem como todos os serviços essenciais ao bom desenrolar da prova rainha do atletismo.

Aos atletas o nosso muito obrigado por nos respeitarem e nos possibilitarem fazer o nosso trabalho de forma fácil! Á equipa de trabalho o nosso muito obrigado pela qualidade e excelência do vosso serviço e dedicação! Á organização, os nossos parabéns!

Juntos fazemos deste Porto, um Porto melhor!

Moto Clube do Porto – Ao serviço da Cidade e de Portugal

Ler mais...

Trails de S. Martinho MCP 2017

Mais de uma vintena por maus caminhos

A tradicionalmente verde e húmida região minhota foi mais uma vez palco para o passeio outonal das maxi-trails do nosso clube.

Tendo como primeiro ponto de encontro a porta da sede, a passeata dominical teve início com a ligação por autoestrada entre Porto e Viana do Castelo. À hora marcada, junto à Praia dos cães do Coral e mesmo em cima da foz do rio Lima, a vintena de “corajosos pilotos” reunia-se para um café, antes de entrar nos troços de terra. E que entrada!

Sendo um passeio nivelado como médio/baixo, a entrada, junto aos Arcos do Fincão, deixou logo assustados os menos experientes… a humidade da noite tinha tornado bem escorregadio o granito da calçada romana, aumentando o grau de dificuldade. Mas, como de costume, nada que o espírito de entreajuda não fosse resolvendo, criando oportunidade para mais um tempo de convívio e umas fotografias.

A parte da manhã levou-nos para norte, até muito perto da fronteira natural criada pelo rio Minho. Pelo meio, e sem registo de qualquer problema, a sempre interessante e já histórica (ou cheia de histórias!) passagem a vau do rio Âncora. Junto à capela de Santo Antão, com vista extensa e privilegiada para a praia de Moledo e para o oceano Atlântico, aproveitou-se para uma curta paragem e para a fotografia de grupo.

Mesmo antes do almoço, e já às portas da aldeia de Montaria, nova dificuldade técnica nos trilhos. Desta vez uma subida com umas regueiras mais profundas a causar alguns problemas. Mas o atascanso maior do dia aconteceu mesmo no restaurante…

“Em passeio de São Martinho, senta-te à mesa e bebe o vinho.”

O ditado não é bem assim, mas nada como ir experimentando novas alternativas. Afinal as motos Trail primam pela sua capacidade de evoluir por caminhos nem sempre bem marcados ou definidos.

De estômago e espíritos bem retemperados com o lombo assado e o verde da região, voltamos aos trilhos, iniciando a subida ao alto da serra D’Arga. A passagem junto à capela da Nossa Senhora do Minho é ponto de referência, permitindo alargar as vistas para sul. E se aquelas paisagens são normalmente muito bonitas e interessantes, este ano… não. As extensas áreas queimadas pelos incêndios deste verão e outono tornaram-nas tristemente desoladoras.

Mas o percurso marcado pela organização seguia novamente para norte, pelos bonitos trilhos do planalto da serra. As cores quentes, outonais, combinavam com o frio que lá no alto fazia. As nuvens baixas, que àquela hora ali estacionavam, criavam uma atmosfera húmida que contrastava claramente com o dia solarengo que fez.

À passagem pelo mosteiro de São João D’Arga entrou-se no último troço de terra do dia. Uma volta que nos fazia voltar a Montaria, já próximo da hora do pôr do sol, e assim ao final (oficial) do passeio. Feitas as despedidas, a maioria dos pilotos de ocasião foram retornando a casa. Mas não todos. Um grupinho seguiu ainda pela escuridão dentro, voltando aos trilhos de terra…

Mas essas são já outras histórias, outras lendas, quiçá futuros passeios de Trail do Moto Clube do Porto.

texto e fotos por Joaquim Alves

Ler mais...

Noite de S. Martinho N'O Mineiro

06 Tasco O MineiroTascos sem Fronteiras encerram a temporada

Foi neste sábado 11 de Novembro, que 41 convivas, entre sócios e amigos, se reuniram em mais um “Tascos Sem Fronteiras” - o último da época por sinal - para mais uma degustação groumet à moda dos tascos.

No tasco O Mineiro, em Valongo, o prato escolhido foi o famoso rojões a minhota acompanhado pelas tradicionais papas.

Isto claro está, depois de variadas entradas como sêmea com manteiga e azeitonas. O repasto foi acompanhado pela habitual meia de vinho, e com uma inovação - receita a lá gardére. A sobremesa esteve a cargo do saboroso bolo de bolacha e café com xiripiti.

Ler mais...

Evolução chegou à Moto da Noite

com a vitória de uma moto elétrica

Esta sexta-feira, 3 de novembro, decorreu mais uma eleição da moto da noite com a companhia dos habituais petiscos da Alice (Caldo verde e bifanas).

Mas a rainha da noite foi uma moto sem cilindrada, pois não tem motor de combustão.

A vencedora foi a BMW C Evolution do Hugo Figueiredo, e a escolha esteve a cargo do júri composto por Álvaro Basto, António Brás e Sérgio Santos

Ler mais...

Fim de semana de Luxo...

... acolhe mototuristas

Foi no fim de semana de 14 e 15 de Outubro, que os sócios e amigos do MCP se deslocaram ao Alto Alentejo, mais concretamente a Estremoz, para passarem dois dias de gastronomia e conforto.

Após encontro na sede e em Antuã, a caravana rumou para sul através da A1 e A13, e atravessando as zonas ardidas ao longo da IC8, constatando a desolação, mas também a beleza da região, chegou ao destino em Estremoz, no Centro de Ciência Viva, percorrendo os últimos km em estradinhas nacionais com bom piso e cheias de caracter.

Uma vez efectuado o check in e tendo recuperado algumas energias no acolhimento que os esperava (deliciosos bolinhos regionais e refrescante beberete) a comitiva visitou o Museu e o Centro de Ciência Viva, que conta com um dos maiores Magic Planet da Europa e onde se pode observar o Sistema solar e seus planetas… Visita esta guiada e momentos muito bem passados na companhia dos simpatiquíssimos colaboradores do Centro de ciência Viva de Estremoz, a quem temos de agradecer a super amabilidade e disponibilidade para nos receber! Foi um encanto!

Partindo depois para um bonito passeio a caminho do restaurante, fomos almoçar a um restaurante típico e rural, perto da aldeia com menos eleitores de Portugal, onde se iniciaram as hostilidades gastronómicas!! Que almoço!! Entradas, duas sopas, dois pratos, sobremesa… e um vinho fantástico! Tal foi a grandeza do momento, que tivemos de cortar o passeio previsto para pós almoço, já que se acabou de comer pelas 16h!!! Sim!!!

E de passeio em passeio, fomos visitar a Adega Tiago Cabaço, detentora do vinho classificado como o melhor do Mundo em 2013!! Nada menos que isto! E provamos claro!! Esse e outros, que a recepção foi fantástica. E a vontade de continuar era… reduzida, tão bem se esteve lá!

Ler mais...

Casa cheia à moda do Porto

Motofeira e Jantar das Vindimasem animado jantar das vindimas

Cozinhado no cuidadoso lume brando que só os sorrisos proporcionam, acompanhado de dose generosa de gargalhadas e recheado, de princípio até final, de muita animação, o tradicional Jantar das Vindimas, como sempre apoiado pela Henisa, foi rodeado de enorme sucesso em momento único de confraternização. Enorme adesão que pôs à prova a polivalência e capacidade de adaptação da multifuncional sede do Moto Clube do Porto que provou que ‘há sempre lugar para mais um’. À boa moda do Porto…

Ler mais...

MCP bem representado no autoClássico

Presença de destaque em verdadeira joalheria de veículos de duas e quatro rodas

Enquadrado por centenas de veículos clássicos, de duas e quatro rodas, verdadeiras joias da história da mobilidade universal, o stand do Moto Clube do Porto destacou-se no panorama do autoClássico – XV Salão Internacional do Automóvel e Motociclo Clássico e de Época. Aceitando uma vez mais e de forma honrada o convite da organização, a cargo da Eventos del Motor, o MCP voltou à Exponor nos primeiros dias de outubro mostrando, aos sócios, amigos e a milhares de visitantes, a história e projeção social do clube.

Presença que não passou despercebida também graças às duas preciosidades expostas, pertencentes a sócios que emprestaram uma excelente e muito bem recuperada Sunbeam S8, de 1957, propriedade de Henrique Araújo, e a muito viajada BMW R1100 GS, com milhares de quilómetros efetuados por Tito Baião em vários continentes. Máquinas que bem mereceram as muitas fotografias tiradas no nosso stand, visitado entre muito outros por dois importantes parceiros do clube: a Henisa e a Vitorino Seguros.

Ler mais...

Moto da Noite novamente bem acompanhada

pelas bifanas da Alice

Nesta 6ª feira, 6 de outubro, mais uma vez o Caldo Verde e as Bifanas sairam a bom ritmo, já sendo o ponto de encontro para jantar de alguns associados.

E a animar a petisquice, tivemos a eleição da Moto da Noite do Mês de Outubro.

Desta feita a vencedora foi uma Suzuki GSXR 600, do sócio e filho do tasqueiro Mor, Pedro Barros. A escolha esteve a cargo do Júri composto pelos sócios Alcino Nunes, Carlos Ruivo e José Fonseca.

Quem será o vencedor de novembro? 

Ler mais...

5ª Ronda dos Tascos Sem Fronteiras

Sabores do Norte receberam ... e bem o MCP

Foi neste sábado 29 de Setembro, que 30 convivas entre sócios e amigos, se reuniram em mais um “Tascos Sem Fronteiras”, para a degustação groumet à moda dos tascos.

Na churrasqueira sabores do norte, em rio tinto, o prato escolhido foi o famoso grelhado misto.

Isto claro está depois de variadas entradas, Pão quentinho com manteiga (uma inovação), azeitonas, acompanhado pela meia de vinho, e fecho com o saboroso bolo de bolacha, mais o café com xiripiti.

Em suma, bom ambiente, boa companhia e não menos importante, boa comida. Que mais se pode pedir? 

Mais tasco com certeza, que já está a ser agendado para Novembro.

Portanto já sabes, esta atento ao pasquim para mais informação, pois os "Zés" andam em busca do tasco perfeito.

Ler mais...

MOTOTOUR OF NATIONS 2017

Viagem de reconhecimento internacional

FIM Mototour of Nations 2017 levou caravana do MCP até à Grécia

Aprofundando laços com motociclistas de todo o Mundo e ciente das ‘responsabilidades’ a nível internacional depois das bem-sucedidas organizações do 33.º FIM Motocamp, em 2014, e do 2.º FIM Mototour of Nations, em 2016, o Moto Clube do Porto marcou presença na edição 2017 do FIM Mototour, na região grega de Epiro, no sudoeste da península balcânica, ‘paredes-meias’ com a Albânia e a poucos quilómetros do ‘tacão da bota italiana’.

Experiência ímpar vivida por 21 elementos do MCP, em 15 motos divididas em três equipas, que viajaram ora sempre por terra firme, ora com recurso a travessias de ferry para encurtar a viagem e ganhar tempo para descobrir as maravilhas gregas. Périplo acompanhado sempre por bom tempo – exceção a dois pequenos aguaceiros ao longo destes dias – com passagem por Espanha, França, Itália e Grécia e onde ficou patente o excelente espírito de grupo.

Centrado no fantástico Epirus Palace Hotel, um dos mais elegantes e charmosos ‘5 estrelas’ da Grécia localizado na histórica cidade de Ioannina, em pleno coração dos ‘alpes gregos’ onde a Civilização Grega se cruza com a natureza no seu estado puro, o Mototour 2017 revelou enorme pelotão internacional onde a boa disposição e grande camaradagem foram notas dominantes. E sem o mínimo contratempo, avaria, furo ou queda, mais tempo para desfrutar das bonitas paisagens e banhos nos mares Adriático, Jónico e Mediterrâneo.

Brindada com enorme alegria, a receção à comitiva portuguesa – que é como quem diz do MCP! – mostrou o grande carinho que os participantes do anterior Mototour sentem por este nosso/vosso clube, reconhecendo o entusiasmo de quem fez milhares de quilómetros para estar presente no evento organizado pela MOT-OE, a federação grega de motociclismo.

Passeios por paisagens absolutamente deslumbrantes, de belas praias e aldeias pitorescas, locais de enorme carga histórica na região de Epiro, entre pontes famosas, grutas e ruinas que atestam a importância desta zona, caracterizaram os cinco dias passados na Grécia. Que tiveram um dos pontos altos no Jantar de Gala onde, além dos elogios pelo sucesso das recentes organizações, o MCP foi ‘brindado’ com o Troféu de Clubes, prémio para o motoclube com mais pontos atendendo ao número de participantes inscritos e ao número total de quilómetros percorridos, na viagem como no evento. E ainda arrecadou – surpresa das surpresas! – o prémio para o segundo condutor mais jovem, com o nosso mais recente associado, um… espanhol de Sevilha!

Fotos de Susana Antunes no facebook

MCP ganha primeiro lugar por clubes na Grécia!

Mototour das Nações - Grécia 2017

A comitiva do MC Porto que partiu no dia 1 de setembro rumo á Grécia afim de participar no Mototour das Nações em Ioanina na zona de Epirus, naquele país, conseguiu o primeiro lugar!!! (número de participantes x km percorridos)

O grupo, sempre unido e muito divertido, deixou uma boa imagem dos portugueses e do MC Porto.

Passeio fantástico, com bom tempo e grandes paisagens, que deixou na memória dos que participaram, um registo inesquecível!

Obrigado a todos.

No mesmo dia da chegada, houve oportunidade de passar pela sede do MC Porto e fazer a entrega em mãos do troféu ao Sr. Presidente do clube! Bonito…!!!

O teu MCP não pára!!

Mais uma vez, a 17 setembro de manhã, realizou-se a Meia Maratona do Porto, uma das mais mediáticas provas de atletismo da cidade invicta.

Com milhares de inscritos, as ruas do Porto encheram-se de cor e de “atletas” que fizeram as suas corridas de 21km e 6km! Para apoiar esta mole humana, a organização contou com 26 motos ao serviço da prova, garantindo o sucesso da mesma.

A equipa de apoio ao atletismo do MCP continua a ser fundamental para o desenrolar das provas, transportando médicos, fotógrafos, Tv, juízes, directores, treinadores e outros tantos profissionais que depositam em nós a sua confiança e desempenham as suas funções da melhor forma: em cima de uma moto!

Parabéns a todos, e obrigado pela vossa disponibilidade e dedicação!

(para quem não sabe, já são cerca de 25 a 30, os apoios que esta equipa presta a provas, ao longo do ano)

Ler mais...

Apoiar quem ajuda

Comitiva do MCP foi a Alcobaça entregar ‘camião de ração’

Sensibilizado pelo extraordinário empenho do João Luís & Amigos (incluindo alguns sócios do MCP como o Germano Mateus) no apoio direto às vítimas dos incêndios da zona de Pedrógão Grande, nomeadamente a centenas de animais que, num instante, ficaram sem currais, galinheiros ou pastos, o Moto Clube do Porto decidiu contribuir para esta causa altruísta, angariando junto de sócios e amigos a verba equivalente a um camião de ração. Que, a seu tempo e de forma extremamente metódica, vai sendo entregue a quem mais dela necessita, com distribuições periódicas de alimento para os animais, acompanhado do apoio na reconstrução das instalações para o gado e no carinho às pessoas que, de um dia para outro, se viram privadas dos bens resultantes de uma vida de trabalho.

Drama humano que gerou forte onda de solidariedade, a que o MCP, pela sua forma de estar na sociedade, não poderia deixar de se associar. Entregue a verba recolhida, em total de 1180 €, através dos canais mais recomendáveis e fiáveis, uma caravana de dirigentes e associados do clube deslocou-se a Alcobaça para uma entrega simbólica, com apoio representado num pequeno camião com forragens para o gado. Momento de elevado simbolismo e que reitera a decisão de continuar a apoiar este projeto podendo os interessados em contribuir, fazê-lo através dos canais normais do MCP, ou seja, na sede ou por transferência bancária.

Ler mais...

3º Sunset MCP / Antero

Á Vossa!!!... Saude!

Mais uma festa divertida e cheia de gente gira!

Foi assim mais uma edição do Sunset MCP, festa de reentrada nos hábitos do dia a dia… Não comemoramos o fim do verão, mas sim o inicio do resto do ano, que promete ser pleno de passeios e encontros.

Aliás os motociclistas estão em alta!! Não param e cada vez mais são reconhecidos pela sua boa disposição, passeios constantes, gosto de comer, gosto por belas paisagens, defesa da natureza e dos bons costumes!

E todos juntos, são uma festa contagiante de alegria!

No formato já habitual, o Sunset recebeu as pessoas entre as 18h e as 2h da manhã, tendo disponibilizado os habituais “Gins”, fim de tarde bonito, bebidas de capsula, aperitivos e entradas várias (que os presentes confundiram com o jantar! 😊), jantar de churrascada e mais bebidas e muita musica. Em resumo, não faltou nada!

No final, o também já habitual sorteio “Castrol” a quem agradecemos o carinho e apoio.

A colorir também o fantástico ambiente, estavam as cores da empresa patrocinadora do evento, “Antero”, a quem muito agradecemos a sua constante confiança e amizade, proporcionando ao MCP os meios para o sucesso.

A todos os presentes, obrigado pela vossa simpatia e presença. Contamos sempre convosco!

Para o ano há mais! 😉

Fotos João Zagallo

Ler mais...